Síndrome do Pânico

Alguém que tem um ataque de pânico experimenta uma sensação súbita e intensa de medo. Pode sentir que tem perda do controle e se sentir desesperado para sair da situação que provocou a sua ansiedade. Os sintomas de ataque de pânico incluem:

  • Respiração rápida;
  • Sensação de falta de ar;
  • Suor;
  • Sentir-se muito quente ou frio;
  • Sentir-se doente;
  • Sensação de desmaio ou tonturas;
  • Formigamento nos dedos;
  • Tremores ou agitação;
  • Coração acelerado ou batimentos cardíacos irregulares (palpitações).

O problema pode piorar se o excesso de respiração provoca sensações como a confusão, cãibras, dores e sensação de fraqueza. Os sintomas de um ataque da Síndrome de Pânico grave pode ser bastante semelhante a um ataque cardíaco e alguém que experimentar a sensação de que irá morrer.

Para alguém que tem um ataque de pânico, uma atividade que outras pessoas consideram simples pode parecer impossível.

  • Atendimento particular e convênios

    Confira os convênios atendidos pelo Hospital Santa Mônica

Auto-Gerenciamento

Muitas pessoas que sofrem regularmente de ataques de pânico parecem ser orientadas a aprender a respirar com calma quando sentir que um ataque está próximo a acontecer.
Um ataque de pânico agudo, muitas vezes desaparece se você respira de dentro para fora em um saco de papel. Isto permite voltar a respirar o seu próprio dióxido de carbono, fazendo com que a acidez no sangue voltar ao normal. Isso remove muitas das sensações estranhas que o pânico causa.

Para algumas pessoas, basta saber que o pânico é causado por um círculo vicioso de medo e sensações físicas, isso pode ajudar a acalmar.

Tratamentos

Tratamentos através da fala, como a terapia cognitivo-comportamental, pode ajudar a repensar os significados relacionados mudanças em seu corpo. Por exemplo, pode ser necessário reconhecer que um pulso rápido pode ser devido a correr no andar de cima ou beber muito café, em vez de interpretar os sintomas de uma maneira catastrófica (por exemplo. Eu vou morrer, ou eu vou desmaiar).

Este tipo de repensar é conseguido através de demonstrações pelo terapeuta e por meio de atividades que você pratica em casa.

Fonte: Hospital Santa Mônica e Mental Health Foundation

  • Esclareça suas dúvidas

    Saiba mais sobre tratamentos e internações