• 05 OUT 17
    Dia internacional da Saúde Mental

    Dia internacional da Saúde Mental

    Saúde Mental no local de trabalho Dia Mundial da Saúde Mental 2017

     

    Durante a vida adulta, uma grande parte considerável do nosso tempo é gasto no trabalho. A experiência no local de trabalho é um dos fatores que determinam nosso bem-estar geral. As empresas que implementaram iniciativas no local de trabalho para promover a saúde mental e para apoiar os funcionários com transtornos mentais vê ganhos não apenas na saúde de seus funcionários, mas também na produtividade no trabalho. Um ambiente de trabalho negativo, por outro lado, pode levar a problemas de saúde física e mental, uso prejudicial de substâncias químicas como o álcool e drogas, absenteísmo e perda de produtividade.

     

    Depressão e transtornos de ansiedade são transtornos mentais comuns que têm um impacto sobre a nossa capacidade de trabalhar e para trabalhar de forma produtiva. Globalmente, mais de 300 milhões de pessoas sofrem de depressão, principal causa de deficiência. Mais de 260 milhões estão vivendo com transtornos de ansiedade. Muitas dessas pessoas vivem com ambos. Um recente estudo liderado pela OMS estima que depressão e transtornos de ansiedade custam a economia global US $ 1 trilhão por ano em perda de produtividade.

     

    A saúde mental no local de trabalho é o tema do Dia Mundial da Saúde Mental 2017. O Dia Mundial da Saúde Mental é trabalhado no dia 10 de outubro de cada ano, com o objetivo geral de conscientizar sobre problemas de saúde mental e mobilizar esforços para apoiar uma melhor saúde mental.

     

     

    Jovem pede folga para cuidar de sua saúde mental, e a bela resposta do seu chefe viraliza

    Derrubar tabus é, por definição, uma tarefa difícil. Às vezes, porém, é possível fazê-lo com elegância e até discrição, simplesmente falando no assunto como se o tabu não existisse. E a saúde mental, especialmente em um ambiente de trabalho, certamente é ainda um desses tabus, mesmo que todos precisem cuidar dela sempre.

    O tweet de uma jovem conversando com seu chefe recentemente mostrou não só a importância de se falar abertamente sobre tais barreiras, como também de cuidarmos de nossas cabeças.

    A americana Madalyn Parker trabalha como desenvolvedora online, e recentemente ela enviou um simples e-mail para sua equipe de trabalho, informando que tiraria dois dias de folga para cuidar de sua saúde mental. Simples e direto, sem rodeios, explicando que logo estaria de volta pronta para trabalhar. O assunto do e-mail foi “Onde está Madalyn”.

    “Olá, time! Eu vou tirar hoje e amanhã de folga para focar na minha saúde mental. Espero voltar na semana que vem renovada e 100% pronta para o trabalho. Muito obrigada”.

    Mais do que seu e-mail, foi a resposta de seu chefe que lhe surpreendeu, ao ponto que Madalyn resolveu publicar a troca de e-mails no twitter.

    “Oi, Madalyn. Eu gostaria de te agradecer pessoalmente por mandar um e-mail como este. Toda vez que você o faz, eu os uso como lembretes da importância de usar dias de folga também para a saúde mental. Eu não acredito que isso não seja uma prática comum em todas as organizações”, disse Ben Congleton, CEO de sua empresa. “Você é um exemplo para todos nós, ajudando a cortar o estigma para que seja possível para todos nós darmos 100% no trabalho”.

    A prova da contundência do delicado gesto foi que seu tweet, publicando a troca de e-mails, rapidamente viralizou, passando das 30 mil curtidas em questão de horas. Nos comentários, muitos usuários parabenizando Ben, enquanto outros dividiam histórias de preconceito e exclusão por conta dessa que é uma necessidade universal: simplesmente cuidar da saúde de nossas mentes.

    Se às vezes é preciso uma revolução para mudar certos hábitos ou ideias a respeito de um tema, outras vezes a revolução pode começar com o simples gesto de expor aquilo que todos sentem, mas nem sempre tem coragem de dizer.

    E, o time do Hospital Santa Mônica continuará na sua luta pela desmistificação da saúde mental, vamos juntos nessa e reforçar junto as empresas brasileiras a importância de cuidar da saúde mental dos seus funcionários!

     

    Fonte: Hospital Santa Mônica, World Mental Health e hapiness.com.br

     

     

     

Entre em Contato